Congregação dos Oblatos de Cristo Sacerdote
CASA GERAL
Estr. dos Oblatos, Km 01 – Vargem Grande – Roseira/SP
CEP. 12580-000 Tel.: (12)3646 1261

 

Carta Circular 001/2015
     
Roseira, 20 de fevereiro de 2015.

 Caríssimo  Irmão de Congregação, saúde e alegria em Cristo Sacerdote!

Das resoluções capitulares (2014) a serem observadas e executadas para o bem da Congregação

Montar as casas, sobretudo as casas de formação, com um número de membros suficiente e adequado.

 

As casas de formação inicial sejam independentes entre si, respeitando e possibilitando o desenvolvimento de cada fase, inclusive com formadores adequados e presentes na formação. Que o trabalho da formação seja desenvolvido em equipe. A formação permanente requer empenho, organização e empenho de todos na participação.

Espiritualidade oblaciana nas paróquias próprias, em sintonia com os projetos pastorais diocesanos.

 

A Promoção Vocacional é de responsabilidade de todos os Oblatos, contudo que se tenha uma pessoa liberada para acompanhar a cada candidato de um modo personalizado.

Centralizarmos a contabilidade, com um escritório em Roseira, suspendendo o de Monerat e iniciando o controle de Barretos e o de outras casas, de acordo com a legislação civil estadual e nacional.

Depósitos das contribuições mensais ou esporádicas sejam efetuados na conta central da Congregação, e o Ecônomo Geral se encarregará de fazer os encaminhamentos devidos para as Casas Filiais com dependência total ou parcial do Governo Geral da Congregação.

Encerrar a missão nas paróquias:

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Bodoquena, MS), 
Nossa Senhora da Conceição (Jaboticatubas, MG).

Manter a missão nas paróquias:

Paróquia São José Operário (Santos, SP),
Paróquia São Cristóvão (Pindamonhangaba, SP),
Paróquia Nossa Senhora da Guia (Monerat, RJ),
Paróquia Nossa Senhora de Fátima (Brasília, DF),
Paróquia Nossa Senhora do Carmo (Miranda, MS),
Santuário de Vescovio, Madonna della Lode (Itália)
Casa São José dos padres idosos (Santos, SP).
Obs.:  A Casa do Governo Geral continua anexa à “Comunidade do Mosteiro”.

Continuamos as atividades de missões populares, intercalando em paróquia de gestão oblaciana e de outros. Possivelmente duas missões anuais.

 

Para as atividades de assistência pessoal a padres e bispos, contemplamos ordenados e não ordenados (irmãos e padres).Encontro Vocacional nas paróquias oblacianas, ao menos um por ano.

 

Aspirantado sai de Miranda e, por hora, vai para Barretos. Foi eleita a casa de Vargem Grande Paulista como a mais indicada para o Aspirantado.

O Retiro Espiritual e a Assembleia continuam anualmente, momentos fortes de encontro oblaciano.

Espiritualidade, criar “Anos Temáticos” para melhor animá-la e desenvolvê-la.

Lembramos que o Capítulo Geral é o órgão máximo da Congregação e as suas resoluções devem ser acatadas e acolhidas por todos em espírito de comunhão, participação e alegria. Que o sentido vivencial desse projeto congregacional seja estímulo motivador da vocação da vocação de cada oblato. “A fidelidade no discipulado passa e é provada pela experiência da fraternidade” (Papa Francisco).
Não nos esqueçamos de contar com a proteção e o exemplo de nossos  Santos Padroeiros.
Fraternal abraço oblaciano a cada coirmão

 

Pe José Roberto Rosa, ocs / Superior Geral