::Mosteiro - Instituição dos novos coroinhas no Mosteiro 26/02/2012::

No dia 26/02/2012 tivemos aqui no Mosteiro da Sagrada Face a instituição dos novos coroinhas: Ana Julia, Jeiza e João.
O serviço realizado pelos coroinhas durante a celebração é de muita importância, pois ajuda no andamento da celebração e para que tudo saia dentro do planejado. É responsabilidade do coroinha acompanhar o celebrante, rezar e participar das celebrações. O coroinha não é um “enfeite”, ele tem uma função importante, pois ele desempenha um ministério, um serviço.
Que estes novos coroinhas possam viver este ministério de serviço doando sua vida ao reino de Deus.

Por: Ir. Rodrigo Buani, ocs

Leia mais sobre os coroinhas:

O Coroinha surgiu no século IV, quando naquela época, as missas eram rezadas em latim. O povo apenas assistia à celebração, não participava ativamente como hoje. Nem dos cantos podiam participar. Enquanto o Padre celebrava a assembléia rezava o terço.
Foi então, neste ambiente que surgiu o trabalho do Coroinha no altar, que eram chamados de "menino do coro", donde vem a palavra coroinha (coro pequeno), pois eram eles quem respondiam e cantavam em latim todas as partes da Missa.
Algumas dimensões do ministério dos coroinhas:

- vocação: servir a Deus nas celebrações e na evangelização de outras crianças através de seu testemunho e convivência;
- ato litúrgico: com conhecimento de cada parte da celebração;
- formação: A preparação dos coroinhas é feita por uma formação constante através de teoria e prática, onde cada espaço dentro e fora da igreja, que esteja ligado as celebrações, é estudado para plena consciência de sua importância e uso nos atos litúrgicos. Assim também ocorre com o estudo e uso de todos os objetos litúrgicos, paramentos (roupas) e símbolos litúrgicos.
A Missão dos Coroinhas no seio da Igreja é o serviço do altar. Desde os primórdios ela está presente, tornando-se para os jovens um extraordinário caminho de Santidade e Missão, como nos mostra o Profeta Samuel: “O Jovem Samuel servia no Templo, a Deus na presença de Eli;... A lâmpada de Deus não tinha ainda apagado e Samuel estava deitado no Santuário do Senhor, no lugar onde se encontrava a” Arca de Deus “. O Senhor Deus o chamou: “Samuel! Samuel!” Ele respondeu: “Eis-me aqui”.

Que muitos outros jovens possam responder a esse chamado do Senhor e virem servir o altar, como coroinhas de Cristo Sacerdote.

 

<Voltar